quarta-feira, 16 de abril de 2008

TOP 5 Jim Carrey

1) Man On The Moon (1999)

2) Eternal Sunshine Of The Spotless Mind (2004)


3) The Majestic (2001)


4) The Cable Guy - O Melga (1996)


5) The Truman Show (1998)

18 comentários:

looT disse...

Top melhores filmes ou papeis?

Se for filmes acho que em primeiro colocava o Eternal Sunshine of the spotless mind. E o Truman Show acima do Cable guy.
Mas se for papéis assim de repente concordo com tudo tirando o majestic que ainda não vi.

Abraço

Cataclismo Cerebral disse...

Quando o TOP é sobre actores, refiro-me sempre às interpretações... Mas confesso que se estivesse a falar de filmes, deixava o Homem na Lua em 1º (isto apesar de gostar muito do Eternal).

looT disse...

São sem dúvida os dois melhores filme que vi dele até hoje, escolhi o Eternal porque acho que em tocou mais, mas também o vi há menos tempo e está mais presente ;)

Bom top

Abraço

blog da pipoca disse...

Sou um fã confesso do actor... Raramente tem filmes maus... Mesmo os marados "Ace Ventura" são engraçados. Um TOP sem nada a apontar, mas creio que encontrario um lugar para "The Mask"... Mas são todos tão bem interpretados que seria injusto deixar algum de fora!

Red Dust disse...

Este Cataclismo 'mete-me' em cada uma... :)

Em geral as interpretações do Jim Carrey são boas. Alguns filmes é que nem por isso.

Não vi o 'The Majestic' e o 'O Despertar Da Mente' considerei-o fraco.

Assim também colocaria no top 'Ela, Eu E O Outro' e 'Doidos À Solta'.

Abraço.

wasted blues disse...

Fosse pelo filme ou pela interpretação, o meu 1º lugar seria sempre "Eternal Sunshine of the Spotless Mind"!

Ah, e não sou fã do Jim Carrey cómico, por isso, fora o "Cable Guy", bom top! ;)

blueminerva disse...

Caro cataclismo,
Considero o Jim Carrey, um extraordinário actor, do ponto de vista do drama. Não gosto dele em comédias... parece-me esforçado e não gosto. Concordo com a tua escolha no que diz respeito a interpretação, ele é realmente transcendental em "Man On The Moon" (aquele final é arrebatador) mas filme por filme, gostei mais do "Eternal Sunshine Of The Spotless Mind", porque o argumento é alucinante. Do teu top, só não vi "The Cable Guy".
Um abraço da pseudo Carrie Bradshaw.

looT disse...

No meu comentário queria dizer que o Eternal ME tocou mais, acho que dá para perceber, mas reparei agora que me enganei a escrever.

Houve uma altura em que a sua comédia estava muito popular e acho que muito provávelmente lhe pediam para ele enveredar por esse caminho, por exemplo no Liar Liar a sua representação é exagerada e excessiva e cai no mau gosto, mas penso que na altura era isso que queriam dele.

Mas também prefiro este Jim carrey dramático. Já agora ele não foi nomeado para melhor actor de comédia nos globos de ouro pelo papel do Eternal? Ao que eu me perguntei comédia aonde?

ღ mey ♥¨`*•.¸¸.•*´¨♥ღ disse...

oii, vi que gostas de cinema, séries... gostaria de te convidar pro meu blog, que é sobre música, cinema, livros, séries... td d bom!!!

meytamorphoses - t espero!

bjosss

Gonçalo Trindade disse...

Tirava daí o "Cable Guy", mas de resto esses são sem dúvida os melhores papéis dele (acrescentava aì ainda o "Lemony Snicket's A Series of Unfortunate Events"... subvalorizado, na minha opinião). O papel dele no "Man on the Moon" foi fabuloso... verdadeiramente espectacular. E como filme é muito subvalorizado... também o considero melhor que o "Eternal Sunshine" (também esse um excelente filme, claro :)).

Cataclismo Cerebral disse...

O problema dele enquanto actor cómico é que ficou um pouco preso a um registo burlesco que nem sempre funciona. Mas mesmo assim acho que ele é um dos melhores nesse género. Mas enquanto actor de composição dramática, meus amigos, o homem sabe mesmo o que faz! Decidi incluir o Cable Guy porque foi a prestação cómica dele que mais apreciei, tanto mais que inclui uma certa nota de tristeza. Respondendo especificamente ao Loot, sim, ele foi nomeado nessa categoria e também não percebi muito bem essa tirada... Quanto ao Man On The Moon, acho que é o melhor filme que já fez e a melhor interpretação cinematografica que já teve!

Abraços

Gooffy007 disse...

No topo colocava o Truman Show que achei brilhante e um dos filmes mais incompreendidos no cinema americano, claro que Milos Forman é sempre Milos Forman.

De facto o Cable Guy é o expoente máximo do Carrey em registo cómico no entanto confesso que sou mais fã do trágico The Mask.

Rui Luís Lima disse...

olá!
"The Truman Show" é uma obra que nos obriga a pensar no mundo televisivo que nos rodeia e a interpretação do Jim é espantosa, depois em "The Majestic" ele vestiu a pele de um verdadeiro herói capriano, um filme que merece ser redescoberto.
abraço cinéfilo e bom fim-de-semana
paula e rui lima

Ricardo disse...

O Cableguy? Gostos são gostos. Mas nada bate aquela dança ao som de "Welcome To The Jungle" Em "The Dead Pool" da saga Dirty Harry! ;)

M. disse...

eternal em primeiro para mim. pela surpresa. pela confirmação da versatilidade.
depois o man on the moon sem duvida
*

halloween 77 disse...

Tudo bem, tudo correcto, menos o 1º lugar... por mim trocava-se o homem na lua pelo eternal sunshine e ficava uma classificação perfeita e justa

Fifeco disse...

Considero que o talento de Jim Carrey está mesmo nos filmes dramáticos e fazia-lhe falta um papel "a sério" para provar que pode ser um marco no cinema moderno. Claro que é mundialmente famoso pelos suas comédias mas poderia ser melhor aproveitado. De todo o modo estou ansioso por ver os futuros projectos do actor.

Abraço

Cataclismo Cerebral disse...

Gooffy007: O Truman Show é um filme com um humor muito lapidar. E não descura alguma tristeza também. O The Cable Guy é, para mim, a melhor interpretação cómica dele...

Rui: The Majestic passou mesmo ao lado, infelizmente. The Truman Show é uma sátira muito bem conseguida.

Ricardo: Embora não ame o filme, confesso que simpatizo com essa obra. E a interpretação de Carrey é brilhante!

M: São ambos excelentes filmes que provam a versatilidade de Carrey enquanto actor de composição dramática.

Halloween77: Sei que caminho quase sozinho, mas prefiro o Man On The Moon ao Eternal (isto apesar de gostar muito do filme de Michel Gondry).

Fifeco: Ele é bem versátil e na maior parte das vezes eleva as comédias em que entra. Já nos filmes dramáticos acho que existe um equilíbrio entre a prestação dele e a qualidade da obra em si.

Abraços