segunda-feira, 17 de setembro de 2007

The Accidental Tourist - O Turista Acidental (1988)

Um Turista Na Vida

Macon Leary (William Hurt) é um escritor de livros de viagens para pessoas que não apreciam a confusão que as mesmas acarretam. Macon não tem grande paciência para a sua profissão e encontra-se profundamente desencantado com a vida, devido à trágica morte do seu filho. Ele e a mulher Sarah (Kathleen Turner) já não conseguem estabelecer uma relação saudável, pelo que apenas a ruptura parece ser a solução mais eficaz para ambos. Certo dia, Macon conhece Muriel Pritchett (Geena Davis), uma mãe solteira e excêntrica treinadora de cães, que lhe trará algum brilho e imprevisibilidade à sua vida cinzentona. Mas nem tudo será fácil para o escritor, pois a sua mulher regressa determinada a dar mais uma hipótese ao casamento. É hora do escritor avaliar o seu estado de espírito e decidir com quem quer reconstruir a sua existência despedaçada... Se há algo que sempre admirei no trabalho de Lawrence Kasdan, o realizador do filme, é a sua capacidade inegável de unir o mais dilacerante drama e tristeza com momentos de fino humor e ironia, sempre com uma excelente caracterização de personagens pelo meio (pelo menos era esse o método nos seus trabalhos mais antigos, já que agora o seu talento parece andar perdido nas ruas da amargura). Este "O Turista Acidental" não foge a esta "fórmula" e resulta numa comédia dramática com laivos de romance. Por muito estranha que esta definição seja, ela funciona às mil maravilhas, uma vez que os vários géneros estão perfeitamente enleados, criando uma narrativa inteligente, dinâmica, sedutora e muito bem interpretada. Nota final ao excelente desempenho de Geena Davis, que foi galardoada com um Óscar pelo retrato da sua Muriel.


Classificação: 4/5

5 comentários:

Betty Coltrane disse...

para variar ainda não vi, mas sempre ouvi críticas muito boas...

beijo!!

Maria del Sol disse...

A Geena Davis é uma das minhas actrizes favoritas. É argumento mais que suficiente para querer ver este filme.

Baci!

Luís Alves disse...

para mim é o melhor filme de kasdan até á data. doce e amargo, cómico e trágico. William Hurt tem o papel da sua vida na pele de Macon Leary, num registo de subtileza e nuances muito bem trabalhadas. um GRANDE filme

Gonçalo Trindade disse...

Magnífico, sem dúvida. Até fiquei ligeiramente impressionado com a prestação da Geena Davis... do Hurt, enfim, nunca espero nada abaixo do "excelente".
Sem dúvida um dos melhores do Kasdan.

Abraço!

Cataclismo Cerebral disse...

Betty: Vale bem a pena, acredita...

Maria: Também sou um grande fã da Geena. Ela está fenomenal neste filme.

Luís: O filme é excelente e ele está muito bem!

Gonçalo: A Geena vai muito bem... Só é pena é que o Kasdan tenha perdido algum brilho na sua carreira mais recente.

Bjs e abraços