quarta-feira, 3 de outubro de 2007

A (Re)Descobrir...

Existem filmes que acabam por cair no esquecimento, por muito bons que sejam. É o caso deste admirável "Ponette" (1996), que apenas vi uma vez na televisão e cujo DVD parece não existir em lado nenhum. "Ponette" conta a história de uma menina de 4 anos que perde a mãe num acidente de automóvel. A criança não consegue lidar com a perda e continua à espera da progenitora, falando com ela e procurando-a. A crença no reencontro é de tal maneira forte que ninguém consegue convencer Ponette de que nunca mais estará com a sua mãe. Este filme de Jacques Doillon retrata brutalmente a dor e a incomunicabilidade, ao mesmo tempo que faz uma aproximação sentida à infância nas suas variadas vertentes. Assombrosa a interpretação da pequena actriz, que com tão tenra idade consegue uma tremenda complexidade. Vencedor da Taça Volpi no Festival de Veneza para Melhor Actriz.

4 comentários:

Maria del Sol disse...

Por incrível que pareça, eu vi-o! Tinha aí uns 14 ou 15 anos, a minha mãe desencantou o vídeo da escola onde trabalha e lembro-me que me impressionou profundamente. Óptima escolha :)

wasted blues disse...

Vi-o no cinema quando estreou e lembro-me que não consegui sair logo da sala, tal o impacto!

Comprei-o finalmente em DVD há cerca de 1 mês, espero revê-lo em breve!

JHB disse...

E quantas pérolas não andarão por aí perdidas e injustiçadas... Gostava de ver esta que sugeres, deve ser difícil, mas já fizeste a tua parte para que não seja esquecida. :)

Abraço

Cataclismo Cerebral disse...

Maria: É um bom filme que ficou perdido no tempo, infelizmente.

Wasted: Tenho de pesquisar as lojas para ver se encontro o DVD desta preciosidade...

Jhb: Tens razão e sempre que me lembrar de algum bom filme esquecido faço-lhe justiça aqui no blog.

Bjs e abraços