quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Debate à beira de um ataque de nervos

As imagens do infame debate levado a cabo pelo senador John Kerry, na Universidade da Califórnia, são brutais e ridículas, tudo ao mesmo tempo. Continuo a achar que não havia motivos para tal exagero por parte da acção policial. O debate era público e também é verdade que o interveniente se alongou no seu ponto de vista, chegando até a perder o fio à meada no seu raciocínio, mas daí a ser levado ao chão pelos polícias e ser atacado com um taser vai uma grande distância. A própria assistência ficou petrificada e embasbacada pelo ridículo da situação, aliás com toda a razão.

4 comentários:

Maria del Sol disse...

É triste que um debate seja motivo suficiente, no país que reivindica, juntamente com França, a paternidade da democracia contemporânea, para que trezentos anos depois se contradigam todos os princípios que presidiram à sua fundação. Se até um senador é levado ao chão, nem quero pensar nos desgraçados que foram torturados no Irão :S

Não vi esse momento, mas não tenho a certeza se quero realmente vê-lo...

Baci.

curse of millhaven disse...

não vi essas imagens mas li a notícia. é chocante, no mínimo.

Betty Coltrane disse...

.... nem tenho palavras, sinceramente...

Cataclismo Cerebral disse...

Acreditem que foi estranho, tudo muito surreal!

Bjs