quinta-feira, 31 de maio de 2007

Lei das Doações Familiares

Ok, esta é completamente ridícula! A actual lei regula que no caso das doações entre pais e filhos, num mínimo de €500, é-se obrigado a declarar ao fisco tal acção (quer a doação seja em formato de cheque, transferência bancária ou "dinheiro vivo"). Então mas, em que medida, é que isto ajuda ao tão popular objectivo de redução da burocracia, política essa sistematicamente referenciada pelo nosso governo?!? Ao que parece, o papel que se preenche relativamente à doação familiar nem sequer é tido em grande conta (palavras de um advogado). A multa, essa, dependendo do grau de parentesco, pode ir de €100 a €2500. Reveja-se a lei, por favor...

6 comentários:

Enfim... disse...

é o pais da trata

Bjokas

Bom fim semana

Betty Coltrane disse...

Também achei ridículo quando ouvi, por favor... E por somas mais altas (não me lembro o valor), tens de pagar impostos ao estado! Qual é?! Então, se eu quizer dar dinheiro ao meu filho pa ele comprar uma casa, ainda tenho de dar de maminha ao estado?! fdx...

*************************

curse of millhaven disse...

... n me façam pronunciar sobre leis mal feitas...

Maria del Sol disse...

Eis outra eficaz maneira de endividar as gerações vindouras, agora até já temos de dar contas da ajuda financeira que recebemos dos pais... mas será que há uma conspiração montada para impedir que nos tornemos independentes antes dos 30!?

Cataclismo Cerebral disse...

Concordo completamente Maria. Aliás, esse é 1 assunto que puxo inúmeras vezes - a dificuldade em encontrar a independência a partir de determinada idade...

Bjs

Zito disse...

calma, isso vai ser revisto

«Vamos pôr cobro a esta situação», Fernando Teixeira dos Santos

se ele diz devemos acreditar ...